Gota

GOTA

Como o consumo de garrafas em PET é inevitável e preciso, estamos agregando uma forma inovadora e o consumidor final terá a facilidade de reutilizá-la.

Objetivo
O propósito deste trabalho é maximizar a utilização desta garrafa e facilitar o seu manuseio. A população brasileira atualmente faz o uso destas garrafas e logo em seguida descartam em vias como rios, praças, ruas e calçadas. O acúmulo da garrafa em lugares inadequado é consequência da persistência desses atos, foi a justificativa da criação da embalagem inovadora, com o propósito de contribuir com o meio ambiente, ampliar seu uso e manter a reciclagem.

Inf.:
  • Designer: Mauricio Sacrini
  • Categorias: Design de Produto
Gota Garrafa

Conceito
O aperfeiçoamento deste material ocorrerá devido à modificação da embalagem, a ideia é incentivar o consumidor final reutilizar a garrafa comprada ou adquirida (em novo formato), de forma a evitar o descarte indevido. A transformação da garrafa PET, acarretará benefícios ao produto e ao material. Esse novo prospecto de embalagem proporcionará aos consumidores uma forma inovadora de utilização e manuseio do produto.

Utilidade
A garrafa consegue com seu desenho anatômico uma fácil empunhadura levando ao consumidor o prazer de segurá-la. Encontramos a solução de tranformá-la em uso de bem estar, agregando a aplicação de “HALTERE” a garrafa.

Abaixo alguns elementos colocados na garrafa de 500 ml e o peso final aproximado.

Gota Peso Garrafa

Pesquisa

  • San Francisco acaba de se tornar a primeira cidade dos Estados Unidos a proibir a venda de garrafas de água de plástico menor do que 21 onças (595 g). A violação da proibição irá acarretar multas de até US $ 1.000. (16 de novembro de 2015)
    http://www.thedieline.com/blog/2015/11/15/san-francisco-bans-plastic-bottles
  • O consumo de PET no Brasil em 2011 alcançou 572 Ktons. A previsão para 2016* são 840 Ktons
  • A porcentagem de reciclagem no Brasil em 2011 foi de 57,1%.
    Fonte: ABIPET e Petroquímica Suape. *Valores estimados.

GOTA

As the consumption of PET bottles is inevitable and accurate, we are adding an innovative way and the end consumer will have the facility to reuse it.

Goal
The purpose of this work is to maximize the use of this bottle and to facilitate its handling. The Brazilian population currently makes use of these bottles and soon discard them in roads such as rivers, squares, streets and sidewalks. The accumulation of the bottle in inappropriate places is a consequence of the persistence of these acts, was the justification for the creation of innovative packaging, with the purpose of contributing to the environment, expand its use and maintain recycling.

Concept
The improvement of this material will occur due to the modification of the packaging, the idea is to encourage the final consumer to reuse the purchased or acquired bottle (in a new format), in order to avoid undue discarding. The transformation of the PET bottle will bring benefits to the product and the material. This new packaging prospect will provide consumers with an innovative way of using and handling the product.

Utility
The bottle achieves with its anatomical design an easy grip giving the consumer the pleasure of holding it. We found the solution of transforming it into a well-being, adding the application of “dumbbell” to the bottle.

Below are some elements placed in the 500 ml bottle and the approximate final weight.

Gota Weight

Search

  • San Francisco has just become the first city in the United States to ban the sale of plastic water bottles of less than 21 ounces (595 g). Violation of the ban will entail fines of up to US $ 1,000. (November 16, 2015)
    http://www.thedieline.com/blog/2015/11/15/san-francisco-bans-plastic-bottles
  • The consumption of PET in Brazil in 2011 reached 572 Ktons. The forecast for 2016 * is 840 Ktons
  • The percentage of recycling in Brazil in 2011was 57.1%.
    Source: ABIPET and Petroquímica Suape. *Estimated values.